No verso da carta



Hei, psiu. Eu aqui. Sim, bem aqui do seu lado. Torcendo para que você olhasse pra mim. Não adianta olhar para o céu agora, coisa que eu sei que você vai fazer, eu não sou nenhuma imaginação. É. Sou eu aqui sentada do seu lado, te ouvindo conversar sobre o seu encontro com o paty-girl-do-colégio, sorrindo como se isso fosse algo legal.

Sim eu sou a garota que você fala todos os seus problemas do dia-a-dia. A pessoa com que você sempre conversa todos os dias e conta todos os detalhes da sua vida. Os dias que éramos dois idiotas, você com dor de cotovelo por causa dela e eu por sua causa. Argh! Mas o que você não sabe, é que, é essa garota, que chora por você todos os dias de madrugada, gritando por socorro, se contentando a te ver sorrir uma única vez ao dia, sem poder te abraçar. Ultimamente eu tenho medo da hora de dormi, pois é a hora que você esta ativo nos meus pensamentos, com todo vapor. Essa garota, que você não dá valor, que você fica chamando de “amiga”.  

Não sou a mais linda de todas as garotas que você conhece, mas sou a única que insiste em estar do seu lado.Todo ser humano é capaz de amar, uns amam demais outros muito pouco, mas todos tem esse sentimento habitando em seus corações. Alguns amam as pessoas erradas, alguns escolhem negar amar, alguns tentam manter forte esse sentimento; tão forte que é capaz de matar. Em tempos, você não percebe quando já está totalmente dominado por ele.

Eu me magoo, faço tudo por você e sou ignorada, eu choro e amo sozinha. Você não tem ideia das noites que não consegui dormir porque estava pensando em você, imaginando que um dia você ia chegar com um violão e tocar a minha música preferida, mas então percebo o quão idiota eu sou por ficar me iludindo com coisas que nunca aconteceriam.

Acho que nunca em toda a minha vida alguém fez com que eu me sentisse assim, insegura, idiota, perdida, iludida. Desde daquele dia em que conversamos pela primeira vez, vi que você era diferente, mas de um jeito legal. Eu me odeio por ser tão idiota, me odeio por me apaixonar fácil demais, me odeio por ser insegura, me odeio por ser ciumenta, mas principalmente. Eu me odeio por te amar tanto.

            Mas eu fico aqui, escondida no meio de sorrisos te vendo ir aos poucos. Eu te amo. Mas talvez, você nem precise saber…

- Geissiane Aguiar, pedaços retirados do tumblr.

6 comentários

  1. meniiiinaa que lindo!!
    Isso me lembra tanto a minha adolescencia... Quem nunca teve um amigo/amor??!!
    Beijos

    soueupri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Priscila! Pois é, acho que todos nós passamos por isso um dia. Abraços ♥

      Excluir
  2. O maior dos dilemas né. Já aconteceu comigo também.

    Um beijo!
    www.kvcomvoce.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Karla! Seguindo seu blog (: Abraços ♥

      Excluir
  3. Lindo,parabéns... Me fez lembrar uma música de um tempinho atrás:

    http://www.youtube.com/watch?v=2GEnYiVsfOE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curti a música Gabriel! Obrigada pela dica hahahaha'

      Excluir

Topo